Colecionar carros antigos: um hobby nada barato

“Antigomobilismo” é o nome dado ao segmento de colecionar carros antigos. Primeiro de tudo, você precisa saber que isso requer uma série de regras e custos.

30/04/2020

O que faz uma pessoa querer comprar um carro antigo? Um sentimento nostálgico de uma época que gostaria de voltar? O desejo de reviver momentos ao lembrar de alguém que amou? O status em colecionar vários carros antigos em uma garagem especial? A paixão por modelos que hoje não são mais fabricados? Talvez a soma de todas essas perguntas seja a resposta. Ou então, a soma de todas elas não responda essa questão. Mas de uma coisa é certo: os automóveis fazem parte da memória afetiva das pessoas.

Por isso, preparamos este artigo especial para falar desse hobby nada barato mas que faz parte da vida de muitos brasileiros: colecionar carros antigos. Vem com a gente e veja o que preparamos.

Como funciona o universo dos carros antigos

“Antigomobilismo” é o nome dado a esse segmento de colecionar carros antigos. Primeiro de tudo, você precisa saber que isso requer uma série de regras e custos. Algumas pessoas dizem que para colecionar carros é preciso de muito dinheiro, já que alguns modelos acabam saindo extremamente caros. Segundo a Revista Quatro Rodas, os carros antigos geralmente são comprados de três formas: por meio de vendas diretas entre colecionadores, em leilões ou por importação.

Nesse segmento, a primeira coisa a ser feita na hora de começar a colecionar um carro é selecionar o modelo que você quer comprar. Depois, você pesquisa os preços de mercado. Esses valores são ditados por vendedores especializados em carros antigos, mas um ótimo parâmetro são os leilões, porque é lá que você vai saber o quanto uma pessoa está disposta para pagar em um carro. Depois, é questão de negociar.

Como começar a colecionar carros antigos

Se você está começando a colecionar carros antigos (ou então se você tem interesse em começar), nós sugerimos que você leia muito sobre esse tipo de mercado, comece a frequentar exposições, eventos e também frequente leilões.

Veja algumas dicas rápidas (porém essenciais) para você:

- Pesquise muito e não saia comprando o primeiro modelo que aparecer só por conta da emoção.

- Comece a colecionar modelos mais simples, nacionais e que possuem demanda de mercado no Brasil. Dessa forma, você vai se aquecendo e vai vendo na prática como esse nicho funciona.

- Não compre já pensando em fazer restauração. O veículo é um investimento - e caso você troque as peças, irá perder valor dentro do nicho de carros antigos.

- Atente-se às coisas que podem te prejudicar: confira se o veículo não foi modificado, se não foi batido e também se não possui problemas com fiscalização.

Para você se inspirar

Muitos colecionadores constroem garagens próprias para receber espécimes raras de carro, de marcas mundialmente famosas. Eles não vêem como hobby, mas sim como um investimento. Quanto será que um modelo X pode valer daqui trinta anos?

O jogador de futebol Cristiano Ronaldo gosta de mostrar suas Lamborghinis, Ferraris, Aston Martins. No entanto, quando os carros sofrem acidentes, são simplesmente substituídos. Já o campeão mundial de Fórmula 1, Nelson Piquet, prefere guardar as suas relíquias como se fossem peças de museu. Tem quem coleciona para usar, tem quem coleciona para guardar a sete chaves.

Colecionadores no Brasil

No Brasil, um dos maiores colecionadores de carros antigos é Og Pozzoli, de 85 anos. Ele mora em São Paulo e possui quase 200 modelos guardados, o que o torna detentor de uma das mais importantes coleções do mundo. O empresário Paulo “Louco” Figueiredo é outra pessoa que detém de um grande acervo. Na verdade, os carros não são dele: Paulo cuida da coleção J.O.R.M., que é de uma pessoa que prefere não ser identificada na mídia. São mais de 500 carros clássicos devidamente estacionados em cinco galpões da Zona Oeste de São Paulo. A equipe, inclusive, pensou até mesmo em abrir um museu.

Essa foi a nossa matéria sobre a paixão de colecionar carros antigos. Quer ler mais conteúdos como este? Então fique de olho em nosso blog. Até a próxima!

Comentários

antonio marcos miranda há 2 semanas atrás disse:

adoro carros antigos

Responder
antonio marcos miranda há 2 semanas atrás disse:

adoro carros antigos

Responder

Notícias relacionadas

Últimas notícias