Carro usado ou seminovo: Vantagens e diferenças

Na hora de adquirir um veículo vem aquela dúvida: carro usado ou seminovo? Confira aqui alguns critérios importantes para definir a melhor opção.

14/09/2017

Chegou a hora de adquirir um veículo e a primeira pergunta que surge é: carro novo ou seminovo? Para te ajudar a definir a melhor opção, selecionamos abaixo alguns critérios muito importantes que devem ser levados em conta.

 

Diferença entre usado e seminovo

Antes de começarmos a analisar os quesitos de cada um, é preciso compreender as diferenças existentes entre um carro usado e um carro seminovo que, ao contrário do que muita gente pensa, não são a mesma coisa.

Os automóveis seminovos têm até três anos de uso, um único dono e, no máximo, 20 mil quilômetros rodados por ano. Os carros usados, por sua vez, são aqueles com idade acima dos 3 anos. Os clássicos também entram na categoria dos usados, mas são aqueles veículos com mais de 25 anos de uso.

 

Quesitos que devem ser levados em conta

Agora sim, é hora de avaliar cada quesito, começando pelo fator que interfere diretamente no bolso do consumidor, o preço.

 

Preço

Diferente dos carros novos, tanto os seminovos quanto os usados se destacam pelos preços. O seminovo oferece modelos recentes com equipamentos extras. O usado conta com preços ainda menores, mas requer um maior número de vistorias, já que tem mais quilômetros rodados.

 

Avarias e manutenção

Por possuírem um maior número de km rodados, é natural que ambos os modelos, usados e seminovos, demonstrem desgaste das peças e necessidade de manutenção. De acordo com especialistas, o indicado é procurar por veículos que tenham até 80 mil km rodados. Depois dos 100 mil km o veículo requer a substituição de peças mais caras,

Neste ponto, é preciso consultar um mecânico de sua confiança. Somente ele saberá avaliar em detalhes as reais condições do carro, bem como as peças que estão em bom estado e quais precisariam ser substituídas.

 

Documentação

Quem opta por comprar um usado ou seminovo pode economizar um bom dinheiro com a documentação do veículo. Isso porque só é necessário pagar a transferência do documento. Os preços variam de acordo com o DETRAN, mas giram em torno de R$ 150,00.

Também é necessário certificar-se de que a documentação do veículo está em ordem, se o carro possui algum tipo de pendência, como multas e tributos a serem pagos. Essa consulta pode ser feita por meio do site do Detran do seu estado.

 

Custos adicionais


Ao comprar um carro, sele ele usado ou seminovo, é preciso compreender que os custos não estão relacionados somente a compra do veículo. É preciso considerar os custos adicionais, como o consumo de combustível, os impostos e o valor do seguro.

 

Compra de pessoa física ou jurídica?

Ambas as modalidades são praticadas com sucesso no mercado, mas é preciso estar atento a algumas considerações. No caso da compra diretamente com uma pessoa física, é preciso realizar a transação em um local público, com uma boa movimentação de pessoas.

No caso da compra diretamente feita com pessoa jurídica, a segurança é maior já que o local da venda é juridicamente protegido, a empresa é estabelecida, dispõe de nota fiscal e o veículo vem acompanhado de uma análise minuciosa do veículo, com o histórico do mesmo, além da garantia de 90 dias.

Além de se atentar a todos esses pontos, tenha paciência para fechar o negócio e faça um teste drive com o veículo, a fim de garantir que ele está em perfeitas condições para rodar com você.

 

Caso tenha ficado com dúvidas ou queira fazer alguma sugestão, entre em contato conosco.

Até a próxima!

Comentários

Notícias relacionadas

Últimas notícias