Garanta uma boa compra: 7 dicas para comprar carro usado

A compra por carros usados continua forte em relação aos zero quilômetros. Confira aqui 7 dicas para você comprar um carro usado sem complicações!

07/06/2017

Com a atual situação financeira do país, os motoristas têm optado cada vez mais pela compra de um carro usado ao invés de um zero quilômetro. No entanto, adquirir um veículo de segunda mão requer muito mais cuidados do que você pode imaginar. Há uma série de fatores que, se deixados de lado, podem ocasionar terríveis arrependimentos. Por este motivo, preparamos algumas dicas essenciais para você comprar carro usado sem complicações.

 

1. Qual é a sua necessidade?

Antes de pensar no novo veículo, avalie qual será a função dele na sua vida. Proporcionar conforto para a família? Percorrer vários quilômetros nos finais de semana? Transportar mercadorias?

Feito isso, lembre-se de optar por um modelo que ofereça segurança e conforto, principalmente se houver planos de rodar longas distâncias com ele.

 

2. Defina um modelo

Esportivos, clássicos, robustos. Há uma infinidade de modelos disponíveis. A dica aqui é evitar os que já saíram de linha. Isso porque, depois de não serem mais fabricados, as peças para reposição começam a ficar escassas, já que a montadora não é obrigada a continuar sua produção. E essa falta de componentes pode encarecer a manutenção.

 

3. Certifique-se de que o carro não foi batido

As colisões podem danificar o veículo de uma maneira irreversível, desvalorizando consideravelmente o seu preço. Essas batidas podem ser facilmente identificadas se você analisar o veículo seco, limpo e durante o dia.

Procure por diferenças na pintura, ondulações, pequenos amassados, falta de simetria entre portas, parachoques e o teto.

 

4. Peça ajuda a um bom mecânico

Mesmo que você possua conhecimento suficiente para analisar um veículo, não custa nada pedir para um mecânico de confiança realizar essa tarefa de maneira mais profissional. Sem a emoção da compra, ele terá uma visão imparcial e conseguirá ver coisas que você nem imagina.

 

5. Investigue a origem do carro

Essa é a parte mais burocrática do processo de escolha. Verificar o histórico do veículo é extremamente importante para se livrar de pendências atrasadas, como multas e impostos, e ainda saber quantos donos o carro já teve, se foi táxi, ou se é um carro sinistrado.

No site do Detran é possível verificar essas pendências e ainda conferir se a placa do carro é mesmo verdadeira. Lembre-se ainda de analisar se o documento do veículo não é adulterado. Os verdadeiros possuem um alto-relevo em toda a sua volta.

 

6. Peça descontos e negocie a garantia

 

Na maioria dos casos, a garantia fica somente por conta do motor e caixa. No entanto, ofereça sempre menos do que estão pedindo e use todo o seu poder de compra para negociar alguns benefícios extras, como a garantia da bateria, pneus ou itens como amortecedores e freios.

 

7. Tenha paciência

A última dica é talvez a mais importante: diminua a empolgação. Durante durante uma transação dessas, esqueça a possibilidade de realizar a compra por impulso.

E tome cuidado para não cair na lábia do vendedor. Eles são bons nisso, mas é você e o seu dinheiro que estão no comando da situação.

 

Esperamos que, com essas dicas, a difícil tarefa de comprar carro usado se torne muito menos dispendiosa e muito mais benéfica para você e o seu bolso.

 

Até a próxima!

Comentários

Notícias relacionadas

Últimas notícias