Higienização do ar-condicionado veicular

O ar-condicionado no carro é um item praticamente obrigatório para muitos. Inclusive para os brasileiros que vivem em um país com o clima muito quente e principalmente para aqueles que passam boa parte do seu dia enfrentando o trânsito. Confira como deve ser realizada a limpeza do ar-condicionado do seu veículo!

15/10/2020

O ar-condicionado no carro é um item praticamente obrigatório para muitos. Inclusive para os brasileiros que vivem em um país com o clima muito quente e principalmente para aqueles que passam boa parte do seu dia enfrentando o trânsito.

Mas não vale ficar só curtindo o ambiente agradável que esse equipamento proporciona e se esquecer de fazer a devida limpeza, viu? Afinal, um sistema de ar-condicionado sem a higienização correta, além de afetar seu funcionamento, pode causar sérios problemas à saúde.

Veja agora quando e como deve ser feita a limpeza do ar-condicionado do seu veículo!

Sinais de que está na hora de uma limpeza em seu aparelho!

A recomendação é que se faça a limpeza do ar-condicionado do seu carro a cada seis meses, além de providenciar uma manutenção a cada 30 mil quilômetros rodados. Porém, alguns sinais também podem indicar essa necessidade.

 

Mau cheiro

Já pensou se você está dando carona para alguém em um dia de muito calor e não pode ligar o ar? Nessas horas, nem aqueles sachês de perfume para carro resolvem! O jeito é fazer a higienização o quanto antes.

 

Problemas respiratórios

Os micróbios que ficam presos ao filtro de ar também podem causar várias complicações no sistema respiratório. Por conta desse fator, os passageiros começarem a sentir dificuldades respiratórias ou a espirrar justamente quando o ar-condicionado é ligado, esse certamente é o momento para realizar a limpeza no aparelho. Afinal, é melhor investir na higienização do que gastar com médicos e ainda prejudicar a saúde da sua família e amigos.

 

Dificuldade de ventilação

Uma maior dificuldade na ventilação também pode ser sinal de necessidade de limpeza, já que o filtro de ar sujo pode impedir a passagem de parte do ar, comprometendo a eficiência do ar-condicionado automotivo. Assim, para atingir a temperatura desejada, o sistema precisa ficar ligado por mais tempo e em uma potência maior, consumindo mais bateria e combustível.

É simples: um ar-condicionado automotivo em más condições de limpeza pode afetar a performance de todo o veículo. Em tempos de preço do combustível nas alturas, o melhor a fazer é cortar o mal pela raiz!

 

Higienização do ar-condicionado veicular

A melhor maneira de fazer a manutenção ou a higienização do ar-condicionado automotivo é procurando um profissional especializado e de confiança. Isso, porque, apesar de parecer ser uma tarefa simples, a perícia e os conhecimentos necessários são muito importantes nesse processo.

A limpeza básica de filtro de ar e das tubulações costumam ser baratas. Já quando envolvemprocedimentos mais complexos, que incluem a limpeza do evaporador, do compressor e demais componentes do sistema de ar, o valor pode ser bem maior. Por este motivo é importante fazer as manutenções preventivas e higienização periódica no sistema de ar-condicionado.

 

 

Comentários

Notícias relacionadas

Últimas notícias