Renault Kwid - O sucessor do Clio

Conheça agora o substituto do Renault Clio. Seu sucessor Renault Kwid circula em outros países e chega no Brasil com uma proposta diferente no mercado. Confira!

09/06/2017

O Renault Clio é um grande clássico entre os veículos brasileiros populares. Porém, nos últimos anos a linha não conseguiu se manter no mercado, a ponto de ser deixada de lado pela fabricante francesa. Agora, ele será devidamente substituído por um modelo inédito no Brasil. E seu sucessor é o Renault Kwid, já conhecido em outros países.

O novo automóvel popular da Renault já circula mundo a fora há algum tempo e chega ao Brasil em sua versão mais moderna, com uma proposta um pouco diferente no mercado. Vejamos como o Kwid cumprirá o papel do Clio no Brasil.

 

Como é o Renault Kwid?

O Kwid é um modelo subcompacto que se destaca por ter sua carroceria um pouco mais alta, o que, a primeira vista, lembra um SUV. Essa apresentação torna o modelo muito chamativo para o motorista que gosta de um Off road, mas procura por um veículo mais acessível.

Esse visual diferenciado, e até chamativo, é decorrência de outro país no qual ele é muito utilizado. O Renault Kwid veio diretamente da Índia, país cujas estradas são conhecidas pela qualidade precária, algo que não é muito diferente no Brasil em diversas regiões.

Isso faz com que todos os veículos, mesmo os mais populares, tenham sua resistência adequada para se adaptarem à realidade local. Por ser um veículo mais alto, sua suspensão é mais reforçada, o que resulta em um veículo ideal para ambientes acidentados.

O Interior do Kwid

Ainda não se tem muitas informações sobre o Kwid - a previsão de lançamento dele é para o segundo semestre de 2017 -, mas cogita-se que não haverá grandes mudanças externas ou internas em relação ao modelo indiano.

O Renault Kwid é conhecido no exterior pelo motor 0.8, mas aqui é provável que seja uma versão de três cilindros 1.0. As chances são altas pelo simples fato de ser um motor já bem estabelecido no mercado brasileiro, além de ser mais potente que suas versões asiáticas, por uma faixa de preço mais acessível.

Os Testes no Brasil

As especulações se devem ao fato do Kwid ainda não ter sido lançado oficialmente no Brasil. Recentemente foi descoberto que o veículo está em testes no interior de São Paulo, o que já nos deu algumas pistas do que pode vir ao público ainda este ano.

Testes desse tipo costumam ser sigilosos, próximos às fábricas centrais do veículo. Porém, devido às expectativas com que é esperado, têm surgido cada vez mais informações.

Uma deles, que ainda não foi divulgada pela própria Renault, é com relação ao seu interior, que mantém as características mais importantes do veículo compacto, porém se aproxima de outro carro, o Nissan March, com peças e visual mais compacto.

E o preço?

Recursos modernos, uma proposta diferente de uso fora dos centros urbanos e um charme singular… Quando todas essas características são listadas, pode-se pensar que o Renault Kwid não se encaixa na categoria de veículos populares. Mas o que é estimado, e é bem provável por conta do legado do Clio, é que o seu preço se mantenha na faixa popular, entre R$ 30 mil e R$ 32 mil. Um investimento muito viável pela proposta.

Empolgado com o novo Renault Kwid? Acha que ele vai substituir o Clio com eficiência? Deixe sua opinião nos comentários e compartilhe sua empolgação com a bem-vinda novidade da Renault.

 

Até a próxima! 

Comentários

Últimas notícias