Jeep: Um pouco da história dos novos modelos da marca

Com mais de sete décadas de história, poucas marcas tiveram tanto peso no universo automotivo como a Jeep. Conheça a história dos modelos dessa marca!

19/03/2018

Com mais de sete décadas de história, poucas marcas tiveram tanto peso no universo automotivo como a Jeep. De ícone off-road a desbravadora da vida urbana, a atual líder em venda de SUVs no Brasil transformou a vida de milhões de apaixonados.

Sempre a frente de seu tempo, mas sem deixar de acompanhar as necessidades da sociedade, a Jeep construiu uma história de pioneirismo e confiança com o público consumidor, como você pode acompanhar agora, no decorrer do post.

 

1941 - Willys MB

Sinônimo de 4x4, o primeiro Jeep nasceu para servir na guerra. Citado pelo general das forças aliadas, Dwight Eisenhower, como uma das quatro ferramentas fundamentais para a vitória final, mais de 600 mil unidades do Jeep MB foram produzidas até o final da Segunda Guerra Mundial.

 

1945 - Willys CJ-2A

O CJ-2A, além de ser o primeiro Jeep civil, também foi o primeiro a ostentar a grade frontal com sete aberturas. Lançado em 1945, o CJ-2A era ideal para o uso industrial e rural, o veículo podia ser equipado com assentos extras, tomadas de força para implementos agrícolas, guincho, removedor de neve e outras ferramentas.

 

1946 - Willys Jeep Station Wagon

O Station Wagon foi o primeiro utilitário desenvolvido para toda a família. Com mais de 300 mil unidades produzidas apenas nos Estados Unidos, foi o veículo que deu origem ao Willys Rural, no Brasil.

 

1948 - Willys Jeepster

Com pneus de faixa branca e cromados, o Jeepster foi lançado em 1948. Mais longo e mais baixo que o modelo original, com visual e conforto de carro de passeio, apresentava um conceito muito a frente do seu tempo.

 

1954 - Willys Jeep CJ-5

Em 1954 é lançado o Willys Jeep CJ-5, com para-lamas arredondados e maior distância entre-eixos. Constantemente aperfeiçoado, recebeu melhorias como freios dianteiros a disco, motor de seis cilindros em linha ou V8, a gasolina ou diesel. Até 1983, foram produzidas mais de 603 mil unidades. O CJ-5 também foi um dos primeiros Jeeps produzidos no Brasil, na fábrica de São Bernardo do Campo, em São Paulo.

 

+ Leia também:

- Faça história com o Jeep Renegade

- Do G1 ao G7: Conheça a história do Volkswagen Gol

 

1962 - Jeep Wagoneer

Sucessor do Jeep Station Wagon, o Wagoneer foi o primeiro 4x4 de luxo do mundo. Produzido com alterações mínimas até 1991, o veículo trouxe avanços inéditos, como suspensão independente, direção hidráulica, ar-condicionado e transmissão automática.

 

1967 - Kaiser Jeep M715

Baseado na picape Gladiator, o M715 foi projetado para uso civil e acabou sendo adotado por vários exércitos, como é o caso da Coreia do Sul, onde permanece na ativa.

 

1974 - Jeep Cherokee (SJ)

Desenvolvido para ser uma versão mais compacta do Wagoneer, o Cherokee ganhou a opção de cinco portas, transformando-se num dos maiores sucessos da história da marca.

 

1987 - Jeep Wrangler (YJ)

Caracterizado pelos faróis retangulares, o Wrangler foi o sucessor da linha CJ. Adicionando o requinte técnico do Cherokee à robustez do jipe, o modelo foi um grande sucesso, com mais de 685 unidades produzidas.

 

1993 - Jeep Grand Cherokee (ZJ)

Lançado para ser o SUV top de linha da Jeep, o Grand Cherokee podia ser adquirido com qualquer um dos três sistemas de tração Jeep, Command Trac, Selec-Trac ou Quadra-Trac.

 

2007 - Jeep Compass

Apresentado como um utilitário com vocação mais urbana, moderno e confortável, o Compass foi apresentado em 2007.

 

2015 - Jeep Renegade

No segmento dos SUVs compactos, o Renegade é lançado. Neste ano também é inaugurada uma nova fábrica no Brasil, a primeira exclusiva da marca fora dos Estados Unidos.

 

No site da Litoral Car você encontra as melhores ofertas para aproveitar de todas as vantagens deste clássico automotivo.

 

Até mais!

Comentários

Últimas notícias