Contran aprova CNH digital, que poderá ser usada no smartphone

Desde maio de 2017, o governo tem anunciado uma série de mudanças na Carteira Nacional de Habilitação. A novidade da vez é a CNH digital. Confira neste post!

08/01/2018

Desde maio de 2017, o governo tem anunciado uma série de mudanças na Carteira Nacional de Habilitação, como é o caso do lançamento da CNH Digital.

De início, os QR Codes passaram a fazer parte das CNHs para evitar fraudes. As fotos com os motoristas sorrindo foram incentivadas. As carteiras de habilitação vencidas ganharam novo uso, já que órgãos e entidades da administração pública a aceitam como documento de identificação. E, para 2018, a novidade é a habilitação em formato digital.

 

Mas, o que é a CNH Digital?

carteira digital

De modo simplificado, a CNH Digital é uma versão digital da carteira nacional de habilitação, com o mesmo valor jurídico da impressa. Para solicitá-la, o motorista deve dispor de uma habilitação impressa com QR Code e se cadastrar no Portal de Serviços do Denatran. E se o condutor já tiver cadastro no Sistema de Notificação Eletrônica (SNE), não será preciso se cadastrar novamente.

Para ativar o cadastro, um link será enviado ao e-mail informado. Depois é só logar no aplicativo e criar uma senha de 4 dígitos. Por questões de segurança, a CNH Digital é vinculada a somente um aparelho telefônico por vez. Sendo assim, caso necessite bloqueá-lo, é necessário acessar o Portal de Serviços com o certificado digital e solicitar o bloqueio.

A CNH Digital também pode ser validada no modo off-line, basta utilizar o aplicativo Lince também do Serpro.
 

+ Leia também:

- Como é calculado o preço do IPVA

- Tudo o que você precisa saber sobre o seguro obrigatório (DPVAT)

 

As principais vantagens do novo documento

Com vantagens evidentes, como a mobilidade, praticidade e comodidade, a CNH Digital ainda reúne uma série de facilidades para os motoristas.

 

Fácil compartilhamento das informações

Além de dispensar o reconhecimento cartorial da cópia digital, evitar o uso do papel para impressão e do scanner ou câmera para digitalizar cópias, a nova CNH poderá ser exportada em PDF com assinatura digital no padrão da ICP-Brasil com validade legal conforme MP 2.200-2/2001.

 

Validação eletrônica dos dados

Sem a necessidade do documento impresso, os dados dispostos na CNH poderão ser autenticados de maneira off-line, com o auxílio do QR code, e de modo online, por meio de assinatura digital.


Recuperação eletrônica do documento

Sem a necessidade de deslocamento físico e emissão de outra via, a nova CNH facilitará a vida dos condutores caso ela seja extraviada ou não esteja em mão quando for solicitada por um agente rodoviário.


Maior durabilidade

Diferente de um documento físico, a versão digital da carteira de habilitação não está sujeita aos desgastes físicos, provenientes do uso diário e da ação do tempo.

 

Esclarecimento de dúvidas


Futuramente, o motorista também poderá conferir a pontuação de infrações cometidas, ser avisado quando a CNH estiver perto de vencer e saber sobre campanhas de trânsito, tudo na palma da mão, através do aplicativo,

 

No vídeo abaixo você confere um pouco mais sobre a CNH Digital: https://www.youtube.com/watch?v=qGQf5IGFnbg

 

No Google Play e na App Store já é possível baixar e testar o novo documento, desenvolvido pelo Serpro (Serviço Federal de Processamento de Dados).

E caso tenha ficado com dúvidas ou queira fazer alguma ressalva acerca deste tema, escreva para a gente.

 

Até a próxima!

Comentários

Últimas notícias